Fisioterapia – Bacharelado


banner-siteprancheta-10Renovação reconhecimento Portaria MEC nº 135 de 01/03/2018

Vagas: 50 Vespertino     50 Noturno

Duração: 10 Semestres

Coordenador:  Prof. Dr. Roberto Maciel

Contato: fisioterapia@famec.edu.br

 

O CURSO

O curso de Fisioterapia da Faculdade Metropolitana de Camaçari objetiva prover a sociedade de profissionais da Área de Saúde, responsáveis pelas ações de Fisioterapia. Profissionais com formação generalista; sendo de empreendedorismo; responsabilidade; senso crítico; idoneidade moral; consciência política e social; om sólido conhecimento do ser humano, de sua motricidade e de seus aspectos biopsico- sociais.

A Fisioterapia é uma ciência aplicada que tem como objetivo prioritário o estudo do movimento humano em todas as suas modalidades de expressão e potencialidades, tanto nas alterações patológicas como nas repercussões psíquicas e orgânicas. Esta ciência visa manter, preservar desenvolver e restabelecer a integridade de órgãos, sistemas ou funções a partir da aplicação de processos derivados de conhecimentos terapêuticos específicos.

O profissional de Fisioterapia atua em hospitais, clínicas, ambulatórios, centros comunitários, postos médicos e centros de reabilitação, exercendo funções multidisciplinares, pois este campo de ação encontra-se em expansão. O fisioterapeuta atua junto aos setores de medicina clínica e cirúrgica, ortopedia e traumatologia, neurologia, pediatria, cardiologia, reumatologia, ginecologia. Na área preventiva, o fisioterapeuta compõe equipes multidisciplinares responsáveis pelo planejamento de métodos de intervenção cirúrgica. Na área de pesquisa, este profissional atua com o intuito de investigar e desenvolver novos recursos, métodos e técnicas correlatas a seu campo de atuação.

 

OBJETIVOS

O curso enfatiza a formação de profissionais não somente para a assistência fisioterapêutica, mas também profissionais com capacidade de liderança no trabalho em equipe multiprofissional, com habilidades nas tomadas de decisões pautando as condutas baseados em evidências cientificas, atuar em todos os níveis de atenção a saúde, priorizando o nível primário de atenção a saúde realizado tanto de forma individual quanto coletiva.

O curso de Fisioterapia tem como objetivo geral formar um Fisioterapeuta com elevado senso crítico, com capacidade de analisar e interferir na sua própria capacidade de aprendizagem, com sólida base conceitual e sintonizada com as evoluções sócio-econômica, política, cultural, e científico; com clareza da importância de uma atuação profissional ética e com elevada capacidade de inter-relacionamento pessoal

  • A estrutura anátomo-fisiológica do ser humano (sistemas músculo-esquelético, nervoso, cardiorespiratório, endócrino, metabólico).
  • A estrutura anátomo-fisio-patológica do ser humano (sistemas acima descritos).
  • As fases do desenvolvimento normal motor, psicológico e social do ser humano, enfocadas pelas diversas teorias de desenvolvimento.
  • As forças sociais do ambiente e seu impacto no indivíduo de acordo com os conhecimentos antropológicos e sociais.
  • A dinâmica da integração física, psíquica e social do ser humano e seu valor para a vida de relação.
  • A estrutura dinâmica da atividade humana (entre outras citamos a profissional e atividades da vida diária).
  • A história da fisioterapia, sua evolução filosófica, científica e social.
  • A dimensão da fisioterapia e de sua necessidade na promoção, manutenção e recuperação da saúde da população.
  • As condições geralmente tratadas pelo terapeuta (entre outras citamos as perceptivas, neurológicas, ortopédicas, psiquiátricas, cirúrgicas, sociais e do desenvolvimento).
  • Métodos e técnicas próprios e aplicáveis à fisioterapia (entre outras encontramos as neurofisiológicas, as sensório-interativas, de dinâmica de grupo).
  • Papel das demais especialidades da equipe de saúde.

 

PERFIL DO EGRESSO

O Curso de Graduação em Fisioterapia tem como perfil do formando egresso/profissional o Fisioterapeuta, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Detém visão ampla e global, respeitando os princípios éticos/bioéticos, e culturais do indivíduo e da coletividade. Capaz de ter como objeto de estudo o movimento humano em todas as suas formas de expressão e potencialidades, quer nas alterações patológicas, cinético-funcionais, quer nas suas repercussões psíquicas e orgânicas, objetivando a preservar, desenvolver, restaurar a integridade de órgãos, sistemas e funções, desde a elaboração do diagnóstico físico e funcional, eleição e execução dos procedimentos fisioterapêuticos pertinentes a cada situação.

A formação do Fisioterapeuta tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades gerais:

  • Atenção à saúde: os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;
  • Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;
  • Comunicação: os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;
  • Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;
  • Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde;
  • Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja beneficio mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

 

HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

O mercado de trabalho atual exige o desenvolvimento de habilidades e competências amplas e, os cuidados primários à saúde além da valorização da qualidade de vida são aspectos a serem valorizados e que permitem a ampliação das possibilidades de atuação. Ademais, os egressos do curso de Fisioterapia da FAMEC têm a saúde do trabalhador como um importante mercado de trabalho a ser explorado.

 

MATRIZ CURRICULAR